Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Ex-Grêmio, Marinho é alvo de racismo de jornalista após expulsão em jogo do Santos: “Está na senzala”

Jogador chorou e fez um longo desabafo nas redes sociais após o caso

Atacante Marinho, ex-Grêmio — Guilherme Dionízio / Estadão

O atacante Marinho foi alvo de racismo nesta quinta-feira pelo comentarista Fabio Benedetti, conhecido como Chef Benedetti, na transmissão da Rádio “Energia 97” de Santos 1×3 Ponte Preta, pelas quartas da eliminação.

Ainda no primeiro tempo, o ex-jogador gremista foi expulso e acabou atrapalhando o Peixe, que foi eliminado do estadual.

“Eu vou falar assim: ‘Você é burro, você está na senzala, você vai sair do grupo uma semana para pensar sobre o que você fez’”, disse o comentarista.

Benedetti se desculpou publicamente e reconheceu o erro. Marinho, por sua vez, chegou a chorar ao comentar o fato no Instagram:

“É de sentir na pele. Toda vez eu defendo a bandeira. Quando se passa na pele, se sofre. Estou com a roupa do clube, fui dormir sete da manhã, acordei às 9h. Todos os funcionários sabem do tratamento em dois períodos para ter jogado. E numa atitude infantil, prejudiquei o Santos e pedi perdão pela expulsão. Agora vim falar sobre o que aconteceu. Por isso brigo pela causa. É horrível passar na pele. Não podemos deixar passar, sei o valor que eu tenho. Fico pensando, tá ligado? Antigamente não tinha voz ativa, passava desapercebido. Muita gente que não tem voz ativa baixa a cabeça a anda. Eu brigo pela causa porque tenho voz. E isso só mostra que quem não tem voz passa por coisa pior. A gente tem aceitado muito ainda. Justiça não pune os preconceituosos, vermes. Mas Deus perdoa, cara. Fica em paz”, disse Marinho, aos prantos.

Veja mais

Comentários