Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Ex-Grêmio, Pitol projeta final: ‘É o campeão da Libertadores, mas temos chance’

Um ex-jogador do Grêmio terá a missão de resguardar as traves do Brasil de Pelotas na grande final do Gauchão. Herói da classificação do Xavante na semifinal, nos pênaltis sobre o São José, Marcelo Pitol sabe que a tarefa não será nada simples, mas ele acredita que o Xavante "tenha chance" de ficar com a taça.

Em uma época em que Danrlei encerrava seu ciclo no Grêmio e Eduardo Martini despontava como sucessor natural, Pitol acabou não tendo muito espaço no time de cima entre 2002 e 2003. De lá para cá, rodou em vários clubes e agora, aos 35 anos, vive um dos pontos altos da carreira.

"Temos um grande sonho de chegar à final e porque não ganhar? Temos o Grêmio pela frente, que é o atual campeão da Libertadores, mas temos chance", destacou o goleiro em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Para Pitol, um dos diferenciais do Xavante nessa caminhada é o trabalho do técnico Clemer, que assumiu o clube no ano passado no lugar de Rogério Zimmermann e sistematicamente tem mudado a forma do time atuar, com menos ligações diretas e mais bola no chão.

"Ele, como jogador, foi um grande goleiro. Vitorioso, ídolo do Inter. A cada dia que passa, vem demonstrando que é um grande treinador, estamos assimilando o que ele passa", avaliou.

Nos próximos dois domingos, Grêmio e Brasil de Pelotas definem o Gauchão de 2018. O primeiro jogo será nesse final de semana, dia 1°, na Arena. A decisão ocorre na semana seguinte, no Bento Freitas.

Veja mais em Sem categoria.

Comentários