Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Ex-gremista Gavilán vê Grêmio e Cerro Porteño em condições parecidas

O ex-volante paraguaio Diego Gavilán fez questão de comparecer ao treinamento do Grêmio nesta segunda-feira e levar o seu abraço aos amigos que deixou no clube. Em 2007, o jogador integrou a equipe vice-campeã da América e agora estará de olho no duelo do tricolor contra o Cerro Porteño, nesta terça, em La Nueva Olla. E ele prevê equilíbrio.

"Nesse tipo de jogo é bem difícil você dar um palpite. De um lado tem o Cerro que vem forte, vem de uma goleada por 5×0 sobre o Nacional, e do outro o Grêmio, embalado, que tem ganho tudo o que vem pela frente. Só o jogo vai dizer. Mas quem fizer um melhor trabalho na partida vai levar", projetou.

Gavilán, que virou treinador assim que encerrou a carreira, acredita em "jogo fechado" nesta noite. "Vai ser um jogo fechado, cada um vai tentar impor seu tipo de jogo, as duas equipes tem bons jogadores".

Curiosamente, no ano em que defendeu o Grêmio, Gavilán fez parte de um elenco que venceu o Cerro Porteño por duas vezes seguidas. Na fase de grupos da Libertadores de 2007, o tricolor gaúcho fez 1×0 em casa e 1×0 fora na equipe paraguaia.

Em 2018, no entanto, a situação é diferente até esse momento. O Cerro lidera o Grupo 1 com 6 pontos e 100% de aproveitamento, enquanto o Grêmio vem no segundo lugar com 4.

Veja mais em Sem categoria.

Comentários