Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Ex-lateral do Grêmio relembra briga no vestiário em semifinal da Libertadores de 2009

Ruy Cabeção lembrou história antiga do ano de 2009

Divulgação

O ex-lateral gremista Ruy Cabeção admitiu que o clima ficou tenso no vestiário do Grêmio depois da derrota de 3×1 para o Cruzeiro, no Mineirão, pela ida da semifinal da Libertadores de 2009. Souza e Tcheco foram os jogadores que se desentenderam, segundo o antigo lateral-direito.

“Nosso vestiário depois da partida não ficou muito bom. Houve desentendimento e eu entrei para separar. Um era o Souza e o outro era o Tcheco. Me dou bem e me dava bem com os dois, eram líderes do elenco”, iniciou Ruy, antes de continuar a história:

“O vestiário tem duas pontas. Se tiver três é dividido. Com duas lideranças, você controla. Na época tinha eu, o Fábio Santos e o Alex Mineiro que transitávamos em todos os lados. Eu entrei para separar a briga. E nesse momento o auxiliar do Paulo Autuori na época, o Renê, achou que eu que estava causando a confusão. Eu já estava p… porque ele me tirou do jogo para colocar um zagueiro, o Thiego, que infelizmente faleceu no voo da Chapecoense. Colocou o Thiego e tomamos de três. Aí eu aproveitei e já soltei os cachorros também, xinguei demais. Xinguei o Autuori e o auxiliar. Estava com raiva mesmo”, disse o ex-jogador em entrevista ao podcast “Bora Pra Resenha”, do Youtube.

+ Grêmio tem lista de 15 jogadores com contrato por encerrar em dezembro; veja todos

Depois do episódio, Ruy teve o contrato rescindido e posteriormente foi jogar no Fluminense a convite do centroavante Fred. Aquela Libertadores seria vencida pelo Estudiantes em final diante do Cruzeiro.

Você pode gostar

Comentários