Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

‘Faria tudo de novo’, diz Ronaldinho Gaúcho sobre o Grêmio

Revelado e criado no Grêmio, Ronaldinho Gaúcho nunca conseguiu manter uma boa relação com o ex-clube. Quando teve a chance de se retratar e voltar ao tricolor, em 2011, optou por jogar no Flamengo. Antes, em 2001, uma turbulenta negociação que acabou indo parar na Fifa o tirou de Porto Alegre em direção ao PSG, da França. Mas ele se arrepende? De nada.

Ao menos foi essa a declaração que deu ao programa Resenha ESPN, da ESPN Brasil, neste domingo. Embora não seja assíduo em entrevistas, ele topou participar do programa e falou sobre o antigo time.

“Eu só tenho a agradecer ao Grêmio, aos torcedores e ao clube. Fiquei lá dos meus 7 anos até os meus 20. Minha base inteirinha eu permaneci lá. Então eu só tenho que agradecer o apoio que todos me deram. É só agradecimento”, disse o jogador.

Especialmente nas redes sociais, R10 é bombardeado todas as vezes que menciona o Grêmio ou parabeniza o clube, seja por aniversário ou por algum título, como depois da Libertadores do ano passado. Ele negou, ao Resenha, qualquer arrependimento. “Não tenho arrependimento na carreira. Nada, nadinha. Eu faria tudo igual. Deus foi bom demais comigo”, disse.

Aposentado dos gramados, Ronaldinho Gaúcho jogou em outros clubes brasileiros fora o Grêmio, como Atlético-MG, Flamengo e Fluminense. Ele também disputou duas Copas do Mundo pelo Brasil: 2002 e 2006.



Veja mais em Sem categoria.

Comentários