Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Feliz no Sport, Thiago Neves diz que levou “muita porrada” no Grêmio

Torcida gremista não sente saudades de Thiago Neves

Doug Patrício / FotoArena

Em entrevista concedida nesta semana ao Bem, Amigos!, do SporTV, o meia-atacante Thiago Neves voltou a falar de sua apagada passagem com a camisa do Grêmio, durante 2020, onde realizou apenas 14 jogos com um único gol marcado.

Ele admitiu que tomou a decisão certa ao ir para o Sport e que se sentia “desanimado” atuando no tricolor gaúcho:

“Em 2019 meu futebol estava em baixa, desanimado, tomando muita porrada. Cheguei no Grêmio e não fui abraçado como foi no Sport . Não foi pedido da diretoria, foi do Renato. Já cheguei atrasado (na temporada), demorei pra jogar. Estava abaixo fisicamente, tecnicamente. Era um time de posse de bola e vinha de um time mais fechado. Um dia deixei claro pra Renato que poderia me colocar de qualquer jeito, porque independentemente da minha situação, (era pra) tirar um pouco dele da reta. Porque só Renato levava porrada”, disse Thiago Neves nesta semana ao Bem, Amigos!, do SporTV, antes de acrescentar:

“E aí o jogo do Sport, que a gente perdeu na Arena, aconteceu o episódio de o Grêmio me mandar embora sem eu saber. Mas foi uma das boas coisas que aconteceram pra mim em 2020. Vim pro melhor lugar. Tudo que eu precisava nesse momento era de carinho”.

Thiago, de fato, acabou sendo um dos nomes importantes do Sport para evitar a queda de divisão no último Brasileirão. No Grêmio, foi um pedido particular do técnico Renato Portaluppi, com quem já havia trabalhado no Fluminense.

Comentários