Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Grêmio atropela São Paulo no segundo tempo, vence e se garante na fase de grupos da Libertadores em 2020

Luciano comemora gol pelo Grêmio — Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O Grêmio voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, a equipe comandada por Renato Portaluppi venceu o São Paulo por 3 a 0, na Arena, em Porto Alegre, pela 36ª rodada da competição nacional. Em boa atuação coletiva, especialmente no segundo tempo, os gols gremistas foram marcados por Luciano, duas vezes, e Alisson.

Com a vitória, o Grêmio abriu dois pontos sobre o Athletico-PR e agora se consolida de forma isolada no G-4 do Brasileirão com 62 pontos conquistados. O trinfo, cabe destacar, também garantiu o Tricolor na fase de grupos da Copa Libertadores em 2020.

Próximo compromisso – O Grêmio volta a campo na próxima quinta-feira, às 19h15, diante do Cruzeiro, na Arena, pela 37ª rodada do torneio nacional. A partida tem um sabor especial para o torcedor gremista, que sonha em rebaixar a equipe mineira à segunda divisão.

Escalação

O técnico Renato Portaluppi surpreendeu a entrar em campo com Pepê na vaga de Diego Tardelli, suspenso. Desta forma, Everton foi centralizado enquanto Luciano passou a desempenhar a função de centroavante.

Assim, o Grêmio começou o jogo com Paulo Victor; Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel e Maicon; Alisson, Everton e Pepê; Luciano.

Destaques

Com dois gols, Luciano foi um dos melhores do Grêmio em campo. O volante Maicon também merece menção honrosa, mostrando que com ele em campo as coisas são diferentes, vide a derrota para o Athletico-PR na última rodada onde foi ausência.

Próximos jogos do Grêmio

  • 05/12, às 19h15 – Grêmio x Cruzeiro
  • 08/12, às 16h00 – Goiás x Grêmio

Ficha técnica

Competição: Brasileirão, rodada 36.
Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS).
Data: 01/12/2019
Horário: 19h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Silbert Faris Sisquim (RJ);
VAR: Rodrigo Nunes de Sá
Cartões amarelos: Não houveram.

Veja mais

Comentários