Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Grêmio de 2017 ou de 2018? Grohe compara os dois times

Titular do Grêmio durante todo o especial ano de 2017, o goleiro Marcelo Grohe vê com bons olhos as possibilidades do grupo de 2018. Mudanças foram feitas no elenco, e nomes importantes como Edílson, Fernandinho e Lucas Barrios deixaram o clube. Por outro lado, a chegada de atletas como Alisson, André, Hernane e Paulo Miranda serviram para reforçar o atual elenco campeão da América.

Para o arqueiro, o Grêmio de 2017 acabou criando um parâmetro muito alto em termos de comparação por ter vencido a Libertadores. Mas entende que o grupo atual tem condições de repetir o mesmo desempenho.

"Eu acho que a gente tem condições de brigar pelo título dessa Libertadores. Temos time e temos elenco. Agora, se é mais forte, se é mais fraco que o do ano passado, só o tempo vai dizer. O parâmetro é muito alto, já que o grupo do ano passado foi campeão. Se daqui a pouco a gente não ganha de novo a Libertadores, vai se chegar à conclusão que o do ano passado era melhor. Vai ser muito pelo campeonato. É difícil de comparar. Alguns jogadores saíram, outros chegaram, mas acho que a gente tem condições de brigar", avaliou.

Grohe deu essa declaração com exclusividade à reportagem do Gremistas na última quarta-feira, na zona mista da Arena, logo após a vitória por 4×0 sobre o Monagas, na Libertadores. Um dos jogadores mais antigos do atual elenco do clube, ele tentará um novo título no domingo, contra o Brasil de Pelotas, pelo Gauchão.

Ouça a fala de Grohe:

Veja mais em Sem categoria.

Comentários