Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Grêmio lamenta saída precoce de Caio Henrique, mas comemora economia de R$ 4,5 milhões

Equipe gaúcha ainda não pagou pelo empréstimo de uma temporada.

Caio Henrique, lateral-esquerdo do Grêmio — Lucas Figueiredo / CBF

A passagem de Caio Henrique pelo Grêmio durou apenas cinco jogos. Mas, por outro lado, a saída precoce do lateral-esquerdo fará com que o Tricolor economize R$ 4,5 milhões em um período difícil como a pandemia. O valor era referente ao custo do empréstimo junto ao Atlético de Madrid.

Em entrevista, Paulo Luz, vice-presidente de futebol do Grêmio, relatou a divisão de sentimentos em meio a saída do jogador.

“A gente gostaria muito que o Caio permanecesse conosco e priorizamos essa situação. Infelizmente, não aconteceu. Por outro lado, o Grêmio não precisará arcar com valores importantes e substanciais neste momento”, disse o dirigente.

A saída de Caio Henrique abrirá espaço para Bruno Cortez, titular da função nas três últimas temporadas, e que retomará a titularidade. O Grêmio não fará novas contratações.

Veja mais em Mercado da Bola.

Veja mais

Comentários