Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Kleber Gladiador critica direção antiga do Grêmio e admite que atrito com treinador abreviou passagem

Jogador foi discreto no Grêmio durante a sua passagem

Lucas Uebel / Getty Images

Contratado com ares de estrela e solução para a temporada de 2012, Kleber Gladiador acabou não tendo vida longa do Grêmio e no meio de 2014, um ano e meio depois da sua chegada, se transferiu para o Vasco da Gama. Ele relembrou detalhes de tudo isso em recente entrevista ao “Arena SBT”.

+ Clube encaminha “pacote” de reforços com Luan e Ramiro, ex-Grêmio

Kleber deixa claro que a volta de Felipão ao clube tirou a sua chance de ficar, já que ambos tiveram atrito anos antes no Palmeiras. O jogador, por outro lado, deixa críticas à direção da época que era presidida por Fábio Koff.

“Fui para o Grêmio e ele optou por não contar comigo pelo problema que teve no Palmeiras. Eu acho que foi uma das piores coisas que o Grêmio fez porque um treinador é funcionário do clube assim como o jogador. Na minha opinião, a diretoria gremista agiu muito errado e acabou tendo que pagar uma multa. Depois, rescindimos. O prejuízo quem tomou foi o Grêmio”, comentou.

Matéria do site GZH publicada em 2020 divulgou um levantamento que dá conta de que entre salários, luvas, contratação e rescisão o Grêmio pagou cerca de R$ 50 milhões por Gladiador.

Veja mais em Ex-jogadores do Grêmio.

Você pode gostar

Comentários