Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Luto: Campeão do Mundo pelo Grêmio, Valdir Espinosa morre aos 72 anos

Espinosa estava atuando como dirigente do Botafogo; complicações pós-cirurgia o levaram a morte

Valdir Espinosa pelo Grêmio — Fernando Torres / CBF

Ídolo da torcida do Grêmio, o ex-treinador Valdir Espinosa, de 72 anos, faleceu na manhã desta quinta-feira (27) no Rio de Janeiro. Ele havia sido submetido a uma cirurgia na região do abdômen no último dia 17 e retornado ao hospital no dia 20 para nova internação. Ele não resistiu as complicações e acabou morrendo.

Espinosa estava em atividade no mundo da bola. No Botafogo, era gerente de futebol e tinha função importante no projeto de recuperação do clube, onde também tinha grande identificação.

Porto-alegrense, Valdir Espinosa iniciou a carreira como jogador de futebol do Grêmio. Após rodar por clubes como Esportivo, CSA e Caxias, aposentou-se e virou treinador. Chegou para o Grêmio em 1983 e conquistou a Copa Libertadores e o Mundial Interclubes daquele ano.

Sua última passagem pelo Grêmio teve início em 2016 e terminou em 2017. Ele era coordenador técnico e ajudou na conquista do título da Copa do Brasil.

Veja mais em Últimas do Grêmio.

Veja mais

Comentários