Ir para o conteúdo principal

Mancini explica Campaz fora dos titulares e admite “noite infeliz” do Grêmio

Treinador gremista deu explicações sobre o jogo em Salvador

Lucas Uebel/Grêmio

Por conta de febre e quadro de gripe nos últimos dias, Campaz ficou apenas no banco de reservas no início da derrota do Grêmio por 3×1 para o Bahia, fora de casa, rebaixando virtualmente o tricolor para a Série B. Em coletiva, o técnico Vagner Mancini explicou a opção por um meio de campo mais reforçado na marcação com Victor Bobsin.

“A intenção do tripé de volantes era justamente a marcação forte. Gostaria de lembrar que o Campaz teve febre por dois dias e não treinou ontem. Tivemos altos e baixos, muito mais baixos, e temos que reconhecer que não foi uma noite feliz para o Grêmio”, lamentou.

Abatido, Mancini admitiu que o Grêmio teve uma “noite infeliz” na Arena Fonte Nova:

“Hoje é uma noite difícil para se falar em função do que foi visto em campo. Muita falta de concentração. O time sabia todo o teste que iria enfrentar e de repente tomamos 2 gols em 18 minutos”.

Com 36 pontos no 18° lugar, o Grêmio ainda joga contra São Paulo e Atlético-MG em casa, e Corinthians fora para concluir a sua campanha.

Veja mais em Vagner Mancini.

Você pode gostar

Comentários