Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Mudança prevista na Libertadores de 2020 pode ajudar clubes a se reforçarem

Sorteio da Copa Libertadores — Rafael Araújo

Uma mudança já estipulada pela Conmebol pode ajudar os times a se reforçarem na Libertadores de 2020. A partir de agora, um jogador poderá se transferir para outro clube participante do torneio e mesmo assim atuar pela competição, desde que seja inscrito em outra fase.

Até a recente edição ganha pelo Flamengo, um atleta que atuasse por uma equipe não poderia voltar a jogar a mesma Libertadores por um outro clube.

Só que a nova permissão estabelece o limite de dois clubes por atleta. O jogador, por exemplo, não poderia jogar a Libertadores por três camisas diferentes.

Uma outra proibição é iniciar o torneio por uma equipe, se transferir, jogar por outra e depois voltar a jogar naquele clube inicial.

Campeão em 2017 e atual “bi”-semifinalista, o Grêmio está no Grupo E de 2020 com Universidad Católica, América de Cali e um quarto time que poderá ser o Inter.

Veja mais em Copa Libertadores.

Veja mais

Comentários