Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Na torcida pelo Grêmio, Matheus Henrique revela ter caído no choro no dia do rebaixamento

Volante participou do começo da campanha do ano passado

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Titular no começo da fracassada campanha no Brasileirão de 2021, o volante Matheus Henrique já não estava mais no Grêmio quando o rebaixamento à Série B foi efetivado. Mas, da Itália, onde defende o Sassuolo, sofreu junto com a torcida no fatídico jogo vencido diante da equipe do Atlético-MG, na Arena.

+ Com retorno de Edilson, Grêmio divulga lista de relacionados para enfrentar o Vasco

Em entrevista concedida nesta semana à TNT Sports, o jogador deu detalhes de como viveu a queda do ex-clube e se mostrou na torcida pelo breve acesso:

“Não, eu não acreditava. No dia que decretou o rebaixamento do Grêmio eu até chorei. Meus pais me mandavam dormir, que no dia seguinte eu tinha treino. Tem o fuso horário pro Brasil. Mas foi muita tristeza. Torcer para que volte novamente muito mais forte. Grêmio, Cruzeiro e Vasco são times que não devem estar na Série B. Precisam estar na Série A para fazer um campeonato ainda mais competitivo”, disse Matheus.

Matheus Henrique surgiu chegou com 18 anos no Grêmio

Após ter uma passagem de formação na base do São Caetano, Matheus concluiu a sua passagem pelo profissional no Grêmio e subiu ainda em 2018. Ele participou dos títulos do Gauchão de 2019, 2020 e 2021. Hoje, é colega do também ex-gremista Ruan na Itália.

Veja mais em Ex-jogadores do Grêmio.

Você pode gostar

Comentários