Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

No primeiro trabalho pós-Grêmio, Tiago Nunes é demitido do Ceará depois de eliminação

Técnico gaúcho não encaixa mais um bom trabalho na carreira

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Responsável por comandar o Grêmio na reta final do Gauchão do ano passado e no começo do Brasileirão de 2021, o técnico Tiago Nunes não teve vida longa no Ceará e acabou demitido nesta sexta-feira, dia seguinte à eliminação do clube nos pênaltis para o CRB nas quartas de final da Copa do Nordeste.

Além da queda no Nordestão, Nunes também esteve no Vozão na eliminação no Cearense, nas quartas de final, para o Iguatu. Com isso, não conseguiu os objetivos nas duas competições na arrancada da temporada de 2022.

Ainda com Série A do Brasileiro, Copa do Brasil e Sul-Americana nesta temporada, o Ceará fez uma janela de reforços recente com nomes badalados como Dentinho e também Matheus Peixoto. O ex-volante colorado Rodrigo Lindoso também foi contratado.

Carreira de Thiago Nunes

Gaúcho de Santa Maria, Tiago Nunes ganhou mais notoriedade no trabalho feito no Athletico, com quem venceu a Copa Sul-Americana de 2018 e a Copa do Brasil de 2019. Depois, fracassou na chance no Corinthians no ano seguinte.

Veja mais em Brasileirão.

Você pode gostar

Comentários