Ir para o conteúdo principal

Bolzan se manifesta após declarações polêmicas de Renato sobre "amadorismo"

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr, em uma entrevista concedida à ESPN após o acesso, evitou criar polêmica pelas declarações de Renato Portaluppi, que apontou que o “amadorismo” de dirigentes foi responsável pelo rebaixamento do clube em 2021.

+ Edílson sonha com permanência no Grêmio para 2023 e faz planos

“Quem conhece o Renato tem que conhecer o Renato e entender o Renato. E, principalmente, como conviver com ele exatamente durante essas situações. Como conheço ele há muito tempo e convivi com ele praticamente 5 anos… e o retorno agora veio em uma situação que lhe permite dizer isso. Eu, particularmente, nessa hora, numa hora de retorno à Série A, depois de um purgatório de 1 ano… tínhamos três situações para fazer, tivemos a Copa do Brasil, que fracassamos, o Gaúcho, que vencemos, e a necessidade de retorno, que retornamos. De três objetivos, dois vencemos”, lembrou Bolzan, antes de ampliar:

“Mas o Renato disse isso, tá dito e eu não vou censurá-lo. Não vou dizer alguma coisa que possa criar uma divergência. Está dito. Esse é o Renato que a gente conhece. Quando a gente contrata, a gente contrato todo o Renato e suas circunstâncias. Eu particularmente preferi fazer o momento de exaltação do retorno e valorizar quem contribuiu para isso. Os equívocos do passado são os equívocos do passado, e temos causas bem definidas para isso. Vamos comemorar o retorno do Grêmio à Série A, e o que vale é isso”.

Renato e Bolzan tiveram parceria de sucesso

Entre 2016 e 2018, especialmente, Romildo Bolzan Jr e Renato Portaluppi trilharam uma parceria de sucesso no Grêmio com os títulos da Copa do Brasil, Libertadores e Recopa Sul-Americana, além de Gauchões.

Voltar para o topo