Ir para o conteúdo principal

Dirigente colorado ‘solta o verbo’ contra o Grêmio após eliminação no Gauchão

Roberto Melo, vice-presidente de futebol do Inter, demonstrou profunda irritação com a postura dos jogadores do Grêmio durante o clássico Gre-Nal 415. Na avaliação do dirigente colorado, os tricolores abusaram da "cera" e fizeram de tudo para ganhar tempo especialmente na etapa final de jogo. Ele fez duras críticas na coletiva de imprensa.
[bn]50[/bn]
“Tem jogador do Grêmio que deve ter feito curso de teatro, qualquer coisa se jogava, o goleiro deles caindo no chão o tempo todo. Nos faltou maturidade nos outros jogos para fazer essa cera que o Grêmio fez hoje”, detonou Melo.

Em campo, de fato, muitos lances de tumulto e confusão paralisaram a partida. Em um deles, no segundo tempo, Grohe caiu no gramado e gerou um atrito entre D'Alessandro e Bressan, com a participação do atacante colorado Brenner. O árbitro Leandro Vuaden chegou a dar 6 minutos de acréscimento e depois, dentro desse período, agregou ainda mais 1 min.

O Inter não foi o primeiro adversário que reclamou da suposta "cera" do Grêmio nessa temporada de 2018. Nos dois jogos da Recopa Sul-Americana, o Independiente ficou na bronca com a postura dos brasileiros. A situação até gerou uma "invertida" de Kannemann em um repórter argentino após o primeiro jogo, em Avellaneda, que terminou em 1×1.
[bn]51[/bn]
No Gauchão, o Grêmio garantiu a classificação mesmo com a derrota por 2×0 no Beira-Rio, isso porque acabou beneficiado pelos 3×0 feitos na Arena. Agora, na fase de semifinal, vai enfrentar o Avenida, de Santa Cruz do Sul.

Voltar para o topo