Ir para o conteúdo principal

Dirigente do Grêmio não leva a sério pergunta feita sobre Messi

Juan Mabromata / AFP via Getty Images

O vice-presidente de futebol do Grêmio, Paulo Caleffi, não levou muito a sério uma pergunta feita sobre possíveis chances de Messi vir jogar com Suárez no clube. Segundo ele, as chances são as mesmas do autor da pergunta se tornar apresentador do Jornal Nacional, da TV Globo.

+ Lula lamenta ida de Suárez para o Grêmio e queria astro em outro clube brasileiro

É a mesma possibilidade de tu apresentar o Jornal Nacional (risos). Essa é a chance do Messi vir para o Grêmio. Vocês estão de brincadeira (risos)”, declarou em entrevista ao “Papo Copero”, no Youtube.

O discurso é diferente quando perguntado sobre o goleiro uruguaio Sergio Rochet e o meia-atacante Vina, de Nacional (URU) e Ceará, respectivamente. Porém, para este momento, a resposta sobre possível vinda de ambos também é “não”:

“Eu posso cravar que Rochet e Vina não vêm agora. Nesta janela. O futuro é outra conversa. O Vina foi oferecido em determinado momento, mas não prosperou o que era solicitado pelo staff dele. Os valores precisam ser condizentes com o que o Grêmio quer e não com que o atleta quer”, afirmou Caleffi, antes de ampliar:

“Durante a campanha foi levantada uma possibilidade do Sergio Rochet vir com os outros uruguaios. Ele iria fazer parte deste cenário, mas o empresário não quis tratar com quem não estivesse legitimado a abrir uma negociação. Hoje, pelo número de estrangeiros, complicaria”.

Agenda do Grêmio

Até agora 100% na temporada de 2023, o Grêmio volta a jogar nesta quarta-feira, 21h30, em casa, pelo Gauchão, diante do Brasil de Pelotas.

Voltar para o topo