Ir para o conteúdo principal

Em 2007, Grêmio bateu o Cerro duas vezes na Libertadores

O retrospecto contra o adversário desta noite é bastante animador para o Grêmio. A partir das 21h30, no La Nueva Olla, no Paraguai, o tricolor mede forças contra o Cerro Porteño, que lidera o Grupo 1 da Libertadores com 6 pontos – os gaúchos têm 4, em segundo. Até hoje, os dois times se enfrentaram quatro vezes na história do torneio e a vantagem é gremista.
[bn]50[/bn]
Em 1990, foram dois jogos. Em casa, o Ciclón venceu por 3×1 e depois empatou em 0x0 no Olímpico. Mas em 2007 a história foi bem diferente. Logo na estreia da fase de grupos, o clube comandado pelo técnico Mano Menezes venceu fora de casa por 1×0, com gol de Lucas Leiva. Na oportunidade, Saja ainda defendeu uma penalidade máxima. 


[bn]51[/bn]
O desenrolar da fase de grupos naquela oportunidade obrigou o Grêmio a vencer o Cerro em Porto Alegre, na última rodada. Do contrário, não se classificaria ao mata-mata. Já perto do final do jogo, Everton marcou de cabeça o gol salvador e garantiu o 1×0:

Voltar para o topo