Ir para o conteúdo principal

O bom desempenho do Grêmio nas estreias de Libertadores com Renato no comando

Nesta terça-feira (2), às 21h, o Grêmio entra em campo para enfrentar o The Strongest na Bolívia, dando início à sua jornada na fase de grupos da Copa Libertadores da América.

Veja também: Grêmio divulga atualização sobre condição médica de Reinaldo após lesão

Sob a liderança de Renato Portaluppi, o Tricolor optou por uma estratégia de escalar uma equipe alternativa, visando preservar seus principais jogadores para compromissos futuros. Ainda assim, a presença de Renato no comando técnico é um sinal de otimismo para a torcida gremista, dada a sua histórica eficácia em estreias da competição continental.

O histórico de Renato Portaluppi à frente do Grêmio em estreias na Libertadores é notável, com três vitórias e três empates. Desde sua primeira campanha em 2011, quando o Grêmio empatou em 2 a 2 com o Liverpool do Uruguai, Renato tem sido uma figura central nas aspirações internacionais do clube. Aquele ano viu o Grêmio avançar até as oitavas de final, onde foi eliminado pela Universidad Católica.

A jornada de 2017 sob o comando de Renato é especialmente memorável para a nação tricolor. A vitória por 2 a 0 contra o Zamora na Venezuela marcou o início de uma campanha triunfante, culminando no tricampeonato da Libertadores. O Grêmio demonstrou supremacia ao liderar o Grupo 8 e eliminar adversários como Godoy Cruz, Botafogo, Barcelona de Guayaquil e Lanús na final.

Grêmio na Libertadores

Nos anos seguintes, o Grêmio iniciou a Libertadores com empates fora de casa contra Defensor em 2018 e Rosario Central em 2019, seguido por uma vitória convincente sobre o América de Cali na Colômbia em 2020. Em 2021, o Tricolor goleou o Ayacucho por 6 a 1, solidificando sua reputação de força no torneio.

Todos os resultados em estreias de Libertadores com Renato:

  • 26 de janeiro de 2011 — Liverpool-URU 2×2 Grêmio
  • 9 de março de 2017 — Zamora 0x2 Grêmio
  • 2 de fevereiro de 2018 — Defensor 1×1 Grêmio
  • 6 de março de 2019 — Rosario Central 1×1 Grêmio
  • 3 de março de 2020 — América de Cali 0x2 Grêmio
  • 10 de março de 2021 — Grêmio 6×1 Ayacucho-PER

Veja também: Grêmio conta com reforço estratégico na delegação que está na Bolívia

Com a liderança experiente de Renato Portaluppi, o Grêmio busca mais um resultado positivo para começar sua campanha na Libertadores deste ano. A estratégia de utilizar uma equipe alternativa destaca o equilíbrio entre competir na Libertadores e manter o foco nas outras frentes, incluindo o Campeonato Gaúcho, onde o clube tem grandes ambições.

Voltar para o topo