Ir para o conteúdo principal

Grêmio sofre gol no fim, e deixa vitória fundamental escapar contra o Corinthians

Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O Grêmio foi até Itaquera sabendo que em caso de um resultado negativo, poderia voltar à Porto Alegre já rebaixado para a série B do Campeonato Brasileiro.

O Jogo iniciou de maneira tensa, com o Grêmio dominando boa parte das ações ofensivas do primeiro tempo. O tricolor apertava a marcação no ataque, já o Corinthians tentava sair jogando com passes, partindo da defesa; na maioria das vezes, sem sucesso.

O meio campo da equipe paulista, sempre muito elogiado, não conseguia criar boas chances no último terço do campo.

Foi quando Xavier, volante do Corinthians aos 38 minutos da primeira etapa perde a bola na saída da defesa. Ferreira fica com a posse, dribla Du Queiroz e cruza da linha de fundo. Fabio Santos tenta afastar de cabeça mas não a alcança, sobrando para Diego Souza ajeitar no peito e com um toque tirar Cássio da jogada, marcando o primeiro gol do jogo.

Na segunda etapa os papéis se inverteram já que o tricolor voltava a campo com a clara proposta de se defender, buscando saídas em velocidade com o Ferreira, pelo lado do campo. Estratégia essa que foi bem sustentada até cerca de 35 minutos do segundo tempo, quando a equipe paulista iniciava um movimento de ataques mais incisivos à defesa do Grêmio.

O segundo tempo mostrava um jogo de defesa contra ataque, quando aos 40 minutos, Renato Augusto recebe livre no meio e acerta um lindo chute no ângulo de Gabriel Grando, empatando a partida.

O fim do jogo ficou marcado com a equipe do Corinthians atacando de maneira incessante o Grêmio, que naquele momento fora preparado somente para se defender.

Com o empate o Grêmio torce para que Cuiabá e Juventude não pontuem mais no campeonato. Cada uma das duas equipes citadas ainda possui 2 jogos à disputar. Fora isso, o tricolor ainda precisa vencer o Atlético-MG na última rodada, na Arena.