Ir para o conteúdo principal

Kannemann relembra profecia de Renato e ‘ignora’ Flamengo

No pior momento do Grêmio dentro do Gauchão, inserido dentro da zona do rebaixamento mesmo com o retorno dos titulares, Renato Gaúcho bancou: uma das vagas entre os oito seria do tricolor. A fala veio logo após a derrota de 1×0 para o Cruzeiro, na Arena, e, segundo o zagueiro Walter Kannemann, serviu para motivar ainda mais o grupo.
[bn]50[/bn]
"O que o Renato falou foi algo difícil. Como jogadores, precisamos olhar. Não é qualquer treinador que faz. Foi uma amostra de confiança. Buscamos fazer o melhor possível. Por sorte, deu certo", falou o argentino.

De lá para cá, o tricolor foi crescendo de produção no estadual. Não apenas se classificou sobre o Inter, como deixou para trás o rival nas quartas e chegou até o jogo decisivo – contra o Brasil de Pelotas neste domingo – amparado por uma larga vantagem por 4×0. 

"Tivemos alguns episódios que fizemos uma boa vantagem, mas temos muitas palestras sobre este tema. O Renato fala muito disso. Estamos conversando para que não ocorra amanhã. Será um jogo dificil, mas temos muita vontade de fazer um bom jogo", acrescentou.
[bn]51[/bn]
E o parceiro de Geromel não quer saber do assunto "Flamengo". Mesmo com o interesse do clube carioca no técnico gremista, Kannemann quer o foco apenas em campo. "Isso não passa pela aminha cabeça. É para os outros caras. Temos um jogo decisivo. Temos uma boa vantagem, mas o jogo será bem difícil".

Voltar para o topo