Ir para o conteúdo principal

“Não sei se subiria”, diz Renato sobre o Grêmio antes de sua chegada na Série B

Reprodução

Se não tivesse chegado a tempo, o técnico Renato Portaluppi suspeita que o Grêmio correria sérios riscos de não subir para a Série A do Campeonato Brasileiro. Em entrevista, o treinador revelou ter encontrado sérios problemas no clube.

+ Grêmio negocia empréstimo de Michael, ex-Flamengo, e conta com ajuda do jogador

Renato afirma que precisou “tomar as rédeas” de algumas situações que não estavam de seu agrado. O técnico gremista preferiu não descrever os problemas, mas diz que comunicou o ex-presidente Romildo Bolzan de algumas mudanças que iria fazer.

Olha, o Grêmio ia sofrer para subir. Eu encontrei algumas coisas que eu não gostei quando cheguei e logo de cara eu peguei as rédeas porque as coisas estavam feias. O Grêmio eu não sei se iria subir, não. As coisas estavam feias“, disse Renato em entrevista ao programa “Cara a Tapa”, do jornalista Rica Perrone.

Aí (quando cheguei) eu fiz as minhas coisas, fiz meus trabalhos lá, juntei o grupo, falei com o presidente também. Tomei algumas decisões e andou. Tanto é que de cara, eu falei: vocês não vão ver futebol bonito, não pensem que o Grêmio vai golear. Nós vamos sofrer, mas vamos subir. E foi o que aconteceu”, completou o treinador.

Renato de contrato renovado com o Grêmio

No início da noite do último domingo, o Grêmio anunciou em suas redes sociais a extensão do vínculo com o técnico Renato Portaluppi por mais uma temporada – até dezembro de 2023. O treinador dará início, junto da nova direção, ao planejamento para 2023.

Voltar para o topo