Ir para o conteúdo principal

Para jornalista, Everton já é mais jogador que Pedro Rocha

Jogo após jogo, Everton vem mostrando a sua qualidade com a camisa do Grêmio e confirmando o grande momento que vive desde o início da temporada, quando virou titular absoluto a partir da ida de Fernandinho para a China. Para o jornalista do Grupo RBS, Diogo Olivier, Cebolinha já até superou e se tornou mais jogador que o ex-gremista Pedro Rocha, vendido em agosto de 2017 para o Spartak Moscou, da Rússia.
[bn]50[/bn]
Em coluna registrada no portal GaúchaZH, um dia depois de Everton brilhar com um golaço na vitória de 2×0 fora de casa sobre o Goiás, pela Copa do Brasil, o jornalista fez suas ponderações na comparação entre os dois atacantes.

"Everton é melhor do que Pedro Rocha. Individualmente, é muita diferença. O gol que abriu o placar contra o Goiás, logo na abertura do segundo tempo, lembrou aquele de Ronaldinho em sua estreia na Seleção, contra a Venezuela. Tirou e driblou o zagueiro com um tapa usando o lado externo do pé. O de Ronaldinho foi mais bonito pelo chapéu, mas o de Everton esbanjou talento similar", escreveu Olivier.

Segundo ele, há diferenças importantes na parte técnica entre ambos. Enquanto Pedro Rocha é mais tático, Everton é mais envolvente e driblador.

"Pedro Rocha nunca fez um gol assim. Era um jogador mais tático, cumpridor de tarefas. Mas quando Everton aprendeu a recompor e cadenciar jogo, igualando-se a ele neste aspecto igualmente importante, o seu talento individual o alçou a um patamar bem superior. A partida está complicada? Bola no Everton. Ele domina, acelera e parte reto na direção goleiro, desviando de quem aparecer no caminho, a drible", acrescentou.
[bn]51[/bn]
Com Pedro Rocha de titular, e Everton como opção, o Grêmio disputou até a fase de oitavas da Libertadores de 2017. Depois, Pedro foi vendido ao mercado russo. Renato Gaúcho, em um primeiro momento, optou por Fernandinho no time titular.

Voltar para o topo