Ir para o conteúdo principal

Renato confirma conversas, mas não garante permanência no Grêmio

Reprodução / Grêmio TV

O técnico Renato Portaluppi evita fazer planos para o futuro, mas confirma que já conversou com dois dos principais candidatos à presidência do Grêmio quanto a sua permanência no clube para 2023.

+ Renato quer descobrir “X9” do Grêmio e manda recado: “Vai ser mais um desempregado”

Cauteloso, Renato afirma que deixará para negociar a possibilidade após a confirmação do acesso à Série A, entretanto, deixou o futuro em aberto ao dizer que “tudo pode acontecer”.

“Já fui procurado pelo (Alberto) Guerra e pelo Odorico (Roman). Tenho um relacionamento muito bom com os dois e o que eu falei para um, falei para o outro: voltei com o objetivo de devolver o Grêmio para a Série A. No momento, é o meu pensamento”, disse Renato, antes de completar:

“Quando acabar e o Grêmio estiver na Série A, bom, aí vai ser outro papo quanto a minha permanência ou não, sobre contratações ou não. Eu nem parei para pensar sobre isso porque eu não sei o que vai acontecer comigo. Meu objetivo é colocar o Grêmio na primeira divisão. A partir daí, tudo pode acontecer”, concluiu.

Renato deseja seguir no Grêmio, mas tem uma condição

O Gremistas já havia adiantado, semanas atrás, que Renato está inclinado a renovar seu contrato com o Grêmio para 2023, mas com a condição de poder montar uma equipe que possa competir no próximo ano.

Uma definição sobre o futuro do treinador deve acontecer após o término da temporada e as eleições presidenciais.

Voltar para o topo