Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Novo técnico do Ceará, Tiago Nunes comenta estreia contra o Grêmio

Treinador estava no Grêmio e agora comanda o Ceará

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Em sua chegada ao Ceará nesta quarta-feira, o novo técnico do clube Tiago Nunes já tratou de avaliar a sua estreia, que ocorre no dia 12, na Arena, em Porto Alegre, exatamente contra o último time em que estava, o Grêmio.

O treinador gaúcho de Santa Maria falou das dificuldades que espera para o confronto, mas lembrou que conhece as características do elenco tricolor.

“Conheço bastante as características individuais e emocionais dos atletas que estão lá. Aquele grupo me acolheu muito bem. Mas o contexto coletivo hoje é outro. Felipão está lá fazendo o seu trabalho, com outras ideais, reforços, outras escalações. Ajuda pelo fato de conhecer a individualidade de cada um, mas também terei que estudar as mudanças feitas. É uma equipe que está pressionada para sair do Z4. Vai ser um jogo duríssimo e vamos estudar ao máximo pra tentar tirar proveito do que fazer lá”, colocou.

Ao falar do trabalho no Grêmio, lembrou do título do Gauchão, de classificações e dos vários casos de Covid-19 que mexeram com o elenco:

“Quando a expectativa é baixa, às vezes o pouco é muito. No Athletico, foram cinco finais e quatro títulos. A busca por crescimento é a maior semelhança com Ceará. Mesmo com insucesso com Corinthians e Grêmio, disputei finais. É tão difícil chegar a uma final. No Grêmio, em 74 dias, tivemos o título do Gauchão, da Recopa Gaúcha, classificação em 1° lugar na Sul-Americana, classificação às oitavas da Copa do Brasil e mais de 20 casos de Covid. Tenho fome de desafios, sou movido à busca por crescimento. Eu me senti muito bem acolhido. Quando isso ocorre, você dá o coração, dá a alma. Isso que eu quero no novo clube”, ampliou.

Na tabela, o Ceará é o 8° colocado com 24 pontos, enquanto o Grêmio surge em 18° com 16.

Veja mais em Brasileirão.

Comentários