Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

“Parecia que estava fazendo um favor”, reclama dirigente do Inter sobre arbitragem de Raphael Claus

Direção colorada pontuou reclamações contra arbitragem

Grêmio comemora gol no clássico Gre-Nal — Lucas Uebel / Grêmio FBPA

A arbitragem liderada por Raphael Claus na Arena neste sábado irritou a direção colorada, que, através do seu executivo de futebol Rodrigo Caetano, fez críticas após o empate em 1×1 com o Grêmio pelo Brasileirão.

A crítica feita por Caetano é sobre uma suposta “falta de interesse” de Claus no jogo, distante dos lances.

“Considero o (Raphael) Claus o melhor do Brasil, mas hoje parecia que fez um favor em apitar o Gre-Nal. Sempre à distância”, disse, antes de citar lances envolvendo Cortez e Galhardo.

“Teve o lance do Cortez com dois minutos, mas ele (Claus) nem foi ao VAR. Um lance próximo de agressão. Depois, o mesmo Cortez cortou com a mão, mas (o árbitro) fez uma força danada para dizer que foi na barriga. Por ele, não teria apitado. Ainda bem que o VAR chamou. O Cortez ali já tinha o amarelo pelo lance no Heitor. Só queria fazer este registro”.

“No gol do Grêmio, o Galhardo foi puxado pela camisa, mas nada aconteceu. Já ouvi que seria uma segunda jogada. Já vi jogo do nosso adversário que até gol saiu, mas (a arbitragem) voltou atrás. É discussão de arbitragem, mas que não teve no árbitro, que é o melhor ou um dos três melhores, a mesma vontade e importância que a dupla Gre-Nal deu a este clássico brasileiro e mundial”, concluiu.

Clique aqui para receber todas as notícias do Grêmio em nosso grupo no Telegram.

O Internacional ainda perdeu Musto expulso por agressão em Diego Souza. Na sequência, Cortez também levou vermelho.

Veja mais

Comentários