Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Rafinha leva um mês para se tornar líder do elenco e agrada na convivência com jovens

Lateral-direito chegou ao Grêmio por um pedido de Renato

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Vitorioso por onde passou e com mais de 10 anos jogando na Europa, além de outra estadia vitoriosa no Flamengo em 2019, o lateral-direito Rafinha vai usando toda a experiência adquirida ao longo da carreira em benefício do elenco do Grêmio, cada vez mais reforçado por jovens atletas da base.

Conforme informações do UOL Esporte, Rafinha vem encantando pela convivência diária especialmente com os garotos e já pode ser considerado uma “liderança” do grupo assim como Geromel, Maicon e Kannemann.

Assim, não foi por acaso que o lateral de 35 anos ganhou a braçadeira de capitão na partida de estreia do time na Copa Sul-Americana, na Arena, na vitória de 2×1 na última semana diante do La Equidad.

“Há muita gente impressionada com ele. Com a liderança natural”, disse uma fonte ligada ao Grêmio também ao UOL.

A chegada de Rafinha ao clube só aconteceu por insistência do ex-técnico gremista Renato Portaluppi. Antes do martelo ser batido de forma positiva, o presidente Romildo Bolzan Jr chegou a vir a público descartar a contratação do jogador. Mas acabou convencido do contrário.

Rafinha tem contrato até dezembro e nos próximos jogos, como já declarou o técnico Tiago Nunes, poderá atuar junto com Vanderson, com um dos dois atuando na linha de meias.

Veja mais em Jogadores do Grêmio.

Comentários