Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Renato brinca sobre pênaltis: ‘Se o treinador pudesse bater, Grêmio não erraria mais’

Apesar da boa vitória por 3×0 sobre o Juventude, nesta quarta-feira, pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil, o Grêmio voltou a perder uma penalidade máxima. Quando o jogo ainda estava 0x0, Jean Pyerre perdeu a chance de inaugurar o marcador.
[bn]50[/bn]
Curiosamente, a situação havia se repetido no duelo anterior. Ainda no sábado, frente ao Atlético-MG, pelo Brasileirão, André perdeu uma cobrança e até foi retirado no intervalo para evitar vaias. Na coletiva desta quarta, Renato brincou com a situação das penalidades perdidas:

"Eles treinaram de um jeito e cobraram de outro. Falei para eles que não pode trocar o que foi treinado na hora do jogo. Na minha carreira, eu errei só dois pênaltis e olha que bati uns 400. No momento em que a FIFA autorizar o treinador a bater, o Grêmio vai acertar todas as cobranças", comentou.

Sobre André, o comandante ainda ressaltou que o retirou no intervalo da última partida apenas para evitar um desgaste maior. Segundo ele, líderes do time pediram para o centroavante continuar no jogo.

“As lideranças do time pediram para não tirar o André naquele momento. Para vocês verem como o grupo é unido. Eu falei que se fosse fora da Arena, não tiraria, mas eu tive que pensar no grupo. Pênalti todo mundo erra. Hoje o Jean Pyerre errou. Eu tirei o André pra preservar de uma vaia, para não desgastar”, explicou.
[bn]51[/bn]
Mais – Grêmio tem medo de perder Renato para o Flamengo?

Veja mais em Sem categoria.

Veja mais

Comentários