Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Renato condiciona permanência no Grêmio a investimento em contratações: “Não vou ficar brigando lá atrás”

Renato Portaluppi, em entrevista coletiva no Grêmio

Renato em entrevista coletiva — Reprodução

Após a derrota de 1 a 0 para o Flamengo, na Arena, quebrando a sequência de cinco vitórias seguidas no Brasileirão, o técnico Renato Portaluppi condicionou a sua permanência no Grêmio com a chance de fazer investimentos em contratações para 2020.

Usando a metáfora do “cinto fechado”, ele deixou claro que se o clube não fizer grandes investimentos é “melhor trazer outro treinador”.

“O cinto não vai se abrir muito, mas eu posso garantir para vocês também é que ele não vai se fechar tanto. O Grêmio sempre teve os pés no chão e vai continuar tendo. O que eu posso garantir, se eu ficar, é que o cinto não vai se fechar. Se fechar, aí sim. Aí pode contratar outro treinador, eu não vou ficar brigando para ficar sempre lá para trás nas competições“, afirmou o treinador.

Recentemente, o presidente Romildo Bolzan afirmou que clube pretende vender alguns jogadores para manter o fluxo de caixa e até realizar novos investimentos.

Assim como nas outras temporadas, a direção do Grêmio não está trabalhando com um “plano B” para a comissão técnica. A expectativa é que a renovação de Renato para 2020 seja acertada após o Brasileirão.

Veja mais

Comentários