Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Renato diz que Grêmio não abriu mão de respeitar o Juventude

Apesar da elasticidade do placar contra o Juventude, um inapelável 6×0 fora de casa, o Grêmio não abriu mão de respeitar o adversário até o fim da partida. Segundo o técnico Renato Gaúcho, o tricolor não "menosprezou" o rival em momento algum.
[bn]50[/bn]
Renato avaliou em coletiva de imprensa que nem mesmo os gritos de "olé" vindos da torcida fizeram com que os jogadores, em campo, desviassem a concentração do jogo:

“Em momento algum menosprezamos o adversário. Quando a torcida começou a gritar olé, o Grêmio valorizou a posse de bola, mas buscando o gol. O maior respeito que a gente pode ter e jogar e fazer os gols. Conseguimos uma belíssima vantagem para jogarmos tranquilos na Arena”, comentou.

Em outro trecho da entrevista, o técnico do Grêmio admitiu que a expulsão do zagueiro juventudista Genílson, logo aos 20 minutos da etapa inicial, colaborou para o grande placar gremista.
[bn]51[/bn]
O jogo da volta ocorre na quinta-feira, na Arena, às 19h15.

Veja mais em Sem categoria.

Veja mais

Comentários