Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Renato e a obsessão por títulos: ‘Volta olímpica é volta olímpica’

Na entrevista coletiva desta sexta-feira, Renato Gaúcho mostrou que, em final, não lhe importa muito o campeonato em questão: ele quer é vencer. Depois de ter alçado voos maiores com a Copa do Brasil, a Libertadores e a Recopa Sul-Americana, o técnico do Grêmio quer a mesma postura na final do Gauchão contra o Brasil de Pelotas.

"Não importa se é o Brasileirão, se é Libertadores, se é Campeonato Gaúcho, não importa. Volta olímpica é volta olímpica, é título", disse Renato. "Podem perguntar para outros treinadores, pesquisarem, sobre o quanto é difícil ser campeão. Exige muita dedicação e trabalho".

Em sua quinta final desde que chegou ao Grêmio, em um espaço de menos de dois anos, Renato diz não ter dúvidas sobre o time que vai a campo contra o Brasil, domingo, na Arena. Aos demais, a dúvida é no meio entre Maicon e Jailson.

"Qualquer um deles pode jogar. O Marcelo Oliveira que está fora por um probleminha muscular, o resto está na concentração. Todos podem jogar, a dúvida está na cabeça de vocês, na minha está tudo certo. A diferença do Maicon pro Jailson é o que Jailson tem uma pegada maior que o Maicon, e o Maicon é mais técnico", explicou.

Renato, que nunca foi campeão gaúcho como treinador, tenta quebrar o jejum do Grêmio no Rio Grande do Sul. Desde 2010, o tricolor não consegue ficar com a taça do estadual.

Veja mais em Sem categoria.

Comentários