Ir para o conteúdo principal

Renato entrega o cargo após eliminação do Flamengo na Copa do Brasil, mas é convencido a ficar

Treinador foi alvo de xingamentos no Maracanã durante derrota para o Athletico-PR.

Reprodução / TV

O técnico Renato Portaluppi pôs o seu cargo à disposição após a eliminação do Flamengo para o Athletico-PR na Copa do Brasil. Em duelo disputado na noite da última quarta-feira, a equipe carioca foi derrotada em casa, no Maracanã, pelo placar de 3 a 0.

Em reunião ainda no vestiário, o treinador disse que entregava o seu emprego, mas foi convencido do contrário por Marcos Braz e Bruno Spindel, dois dos principais dirigentes do Flamengo.

Durante o jogo, a cada erro da equipe dentro de campo, Renato foi alvo de xingamentos por parte da torcida e ainda precisou ouvir gritos de “Mister, Mister”, em alusão ao técnico Jorge Jesus, desafeto do treinador gaúcho e ídolo dos flamenguistas.

Renato deixou o Grêmio em abril deste ano após queda ainda na fase de play-offs da Libertadores. O treinador chegou ao Flamengo no último mês de julho e é finalista da Copa Libertadores e 3º colocado no Campeonato Brasileiro.

Você pode gostar

Comentários