Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Renato reafirma sonho de vencer o Brasileirão, mas alerta: “Não peito a diretoria”

Técnico Renato, do Grêmio

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

A ascensão do Grêmio dentro do Campeonato Brasileiro se dá justamente no momento onde a comissão técnica prioriza a competição. Já são quatro vitórias consecutivas, seguidas de avanços na tabela que colocam a equipe dentro do G4. O debate sobre onde poderia chegar o time de Renato, se não priorizasse as copas, alimenta o imaginário dos torcedores e da crítica, mas o treinador deixa claro que foca nos mata-matas por ordens superiores.

Eu não vou peitar a diretoria. Se um dia eles chegarem em mim e falar pra ir atrás do Brasileiro e deixar Libertadores e a Copa do Brasil de lado, eu vou obedecer”, disse o técnico, que enfatizou: “Eu sou louco pra ganhar o Campeonato Brasileiro, mas sigo as regras“.

Orgulhoso da campanha de recuperação, o treinador tem destacado a força do grupo que brigou pelos títulos das sopas e, mesmo assim, se encontra em uma posição privilegiada dentro do campeonato nacional. Renato chegou a comparar a campanha do São Paulo com a gremista, uma vez que os paulistas foram ultrapassados pelo Grêmio na última rodada, sendo que o time do Morumbi disputou o Brasileirão com todas as forças desde o início.

Para 2020, existe um debate interno nos gabinetes do CT Luiz Carvalho. A ideia é dar mais atenção ao Brasileirão, mas de forma que não prejudique a equipe na Copa Libertadores e Copa do Brasil. O objetivo seria repetir a fórmula adotada pelo Flamengo em 2019, utilizando os atletas que estiverem em condições e preservando aqueles que sentirem algum desgaste. Para isso, fortalecer o grupo é uma necessidade.

Veja mais

Comentários