Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Renato vê André perseguido no Grêmio: “Pegam pesado demais”

André, atacante do Grêmio

André em campo pelo Grêmio — Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Chamado aos 20 minutos do segundo tempo para entrar em campo contra o Flamengo, André ouviu uma vaia de mais de 30 mil torcedores presentes na Arena, no último domingo. Fato que tem se tornado rotina na temporada de 2019, mas que incomoda o técnico Renato Portaluppi.

Mesmo que os números apontem para um desempenho aquém do esperado, o centroavante, mais uma vez, foi defendido pelo treinador quando questionado sobre a necessidade de utiliza-lo contra o os rubro-negros.

“Eu não sou contra críticas. O que eu sou contra é quando pegam pesado demais. Criticar é uma coisa, pegar pesado é outra. Eu tive a leitura que precisa ter um cara de área. E coloquei ele (André) justamente por isso. Vocês precisam lembrar que jogador também tem família”, disse Renato ao sair em defesa do atleta.

André não era utilizado desde que o Grêmio foi eliminado na Libertadores para o Flamengo, no Rio de Janeiro. O técnico gremista, inclusive, afirmou que utilizou esse tempo para preservar o centroavante das críticas e trabalhar algumas questões de jogo. Porém, mesmo admitindo que o atacante está abaixo das expectativas, o treinador entende que o torcedor tem sido influenciado por informações que partem da imprensa sobre o comportamento extra-campo do jogador, algo que, para Renato, não corresponde com a realidade.

“Eu acho que ele (André) tá até quieto demais. Se eu fosse ele, já teria falado algumas coisas pra alguns”, disse.

Para a reta final do Brasileirão, André passa a ter mais um concorrente na briga por oportunidades. O centroavante Felipe Vizeu está de volta após longo período no Departamento Médico e tenta mostrar futebol para garantir uma renovação de empréstimo com o Tricolor, uma vez que o atual acordo expira no mês de dezembro.

Veja mais

Comentários