Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Técnico do Ituano diz que, na Série B, não se deve olhar o peso da camisa do adversário

Jogo no interior paulista ocorre na segunda-feira que vem

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Próximo rival do Grêmio, o Ituano cumpre campanha regular na Série B sendo o 9° colocado com 8 pontos e encara o tricolor gaúcho em Itu, segunda que vem, 20h, prometendo não se assustar com a camisa pesada que terá pela frente. Este foi o foco do discurso do técnico Mazola Jr em entrevista na última semana ao BandSports.

“Não podemos achar que tem um bicho-papão com poucas rodadas. Nessa Série B, também não podemos olhar só a camisa. O Bahia fez um primeiro semestre bem abaixo. É uma equipe que se remontou e está conseguindo os resultados. Mas não acredito só o Bahia como bicho-papão. O Cruzeiro vai vir forte, o Vasco pela pressão torcida e o Grêmio nem se fala”, disse.

+ Médico atualiza condições de Ferreira após dirigente do Grêmio revelar “lesão crônica”

Para Mazola, o recorte da competição até aqui ainda é muito pequeno para que já se tire algum tipo de conclusão:

“Vamos ver quais equipes vão conseguir chatear essa elite da Série B. O próprio Sport, muito bem trabalhado pelo Gilmar Dal Pozzo. É muito cedo ainda pra definirmos quem vai pra cima e quem vai pra baixo. Não podemos nunca nessa competição olhar a tradição e a camisa do clube. Muita coisa ainda pode acontecer”, ampliou.

O Ituano chega para esta partida contra o Grêmio vindo de derrota fora de casa por 2×1 para o Novorizontino.

Veja mais em Brasileirão Série B.

Você pode gostar

Comentários