Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Técnico da Transição do Grêmio fala sobre os desafios da época e dos postulantes a equipe profissional

Thiago Gomes tenta manter rotina dos jovens apesar das dificuldades.

Thiago Gomes, técnico do time de transição do Grêmio — Rodrigo Fatturi / Grêmio

A paralisação dos campeonatos não prejudica apenas as equipes profissionais. Os times de base também sofrem com as consequências e, em alguns casos, até com os cortes financeiros. No Grêmio, porém, não houve cortes até o momento e os trabalhos seguem de forma adaptada. Não há uma certeza, conduto, sobre as competições previstas para o ano.

O técnico Thiago Gomes tem usado da criatividade para colocar os jovens para trabalhar. No início da quarentena, o profissional utilizava de aplicativos tecnológicos para se manter conectado aos atletas. Agora, mantém algumas rotinas e segue com os treinamentos.

“Acreditamos que o calendário do futebol brasileiro deve retornar a partir de setembro a uma normalidade, até em categoria de base, se tudo andar muito bem no Brasil. É difícil, a gente sabe que exige segurança para poder jogar, mas acreditamos que possa ocorrer o calendário do sub-23”, disse.

Entre os atletas que trabalham com Thiago, estão jogadores com boas perspectivas de promoção ao elenco principal. Diego Rosa e Elias são os mais bem cotados, entretanto, há outros nomes em pauta. A ideia é que alguns garotos sejam chamados para reforçar o grupo para a disputa do calendário que deverá ser recheado de jogos na retomada das competições.

“Sobre a utilização dos nossos atletas no profissional, acho que isso vai ser uma necessidade de todos os clubes do futebol brasileiro e quem tem a equipe sub-23 está largando na frente, porque o calendário deve ficar muito apertado e assim como o Campeonato Brasileiro, Libertadores e Gauchão também devem ter todos os jogos”, concluiu Thiago Gomes.

Veja mais em Categorias de base.

Veja mais

Comentários