Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Thiago Neves negociava com o Inter antes de acertar com o Grêmio

Contrato que gerou polêmica foi manobra para não deixar o atleta jogar no rival.

Thiago Neves em coletiva no Grêmio — Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Thiago Neves já deixou o Grêmio, mas a história da sua contratação segue rendendo polêmicas. Em entrevista ao jornalista Alex Bagé, o ex- executivo de futebol, Klauss Câmara, revelou que o meia estava acertando a sua transferência para o Internacional, mas o desejo do técnico Renato Portaluppi de contar com o atleta fez o clube atravessar o negócio e seduzir o jogador a fazer um acordo com os gremistas.

A informação trazida pelo repórter da conta de que, para não assinar com o Inter e jogar no Grêmio, Thiago Neves pediu um contrato de dois anos com o clube. Entretanto, o modelo de negócio foi considerado arriscado pela repercussão pública que o acordo geraria, tendo em vista o momento técnico do jogador. Por isso, o contrato foi costurado de maneira que uma renovação automática fosse acionada de maneira acessível, satisfazendo o interesse das partes.

Com o vazamento da informação, Klauss Câmara acabou tendo sua imagem manchada, mas, segundo ele, tudo foi discutido entre a alta cúpula e o modelo do negócio foi feito conforme o resultado das reuniões. O ex-executivo ainda alegou que não possuía autonomia no cargo, fazendo apenas o que era ordenado.

Klauss Câmara, dirigente do Grêmio — Divulgação

Veja mais em Mercado da Bola.

Veja mais

Comentários