Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Após inúmeras provocações do Grêmio, técnico colorado mostra sinceridade: “Quem perde, tem que aguentar”

Internacional foi bastante provocado depois do 9° Gre-Nal sem vencer

Eduardo Coudet, técnico do internacional — Ricardo Duarte / Internacional

O técnico colorado Eduardo Coudet evitou rebater as incontáveis provocações dos jogadores do Grêmio, como Maicon, Matheus Henrique e Pepê, e até do próprio presidente Romildo Bolzan Jr, depois da vitória tricolor por 2×0 no Gre-Nal desta quarta-feira, na Arena.

O argentino foi perguntado durante a coletiva de imprensa e mostrou sinceridade;

Repórter: Coudet, agora há pouco, o Maicon estava fazendo uma live no Instagram com o presidente do Grêmio e os jogadores no vestiário, usando a seguinte frase, dizendo que o Inter jogou melhor, teve mais posse de bola, mais finalização e perdeu mais uma vez. Eu queria que você falasse não apenas da provocação, mas olhando pra frente em Brasileirão, Libertadores e Copa do Brasil, como transformar essa superioridade em vitórias e resultados de fato?

Coudet: Pela situação que estamos, é muito difícil que eu queira falar de estatísticas, se tivemos mais situações ou não. E depois, sobre o que podem estar dizendo, temos que nos preparar para ganhar. Porque quando perde tem que aguentar. Isso é assim. Podem dizer o que quiserem, ganharam. E, bom, depois cada um é responsável pelo que diz.

Confira algumas provocações gremistas:

Clique aqui para receber todas as notícias do Grêmio em nosso grupo no Telegram.

Veja mais

Comentários