Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Douglas fala da amizade com Renato e admite que bebia durante a carreira: “Falar a verdade sempre me ajudou”

Último clube do antigo camisa 10 foi o Brasiliense-DF

Aposentado recentemente da carreira profissional tendo defendido, por último, o Brasiliense, o ex-meia gremista Douglas concedeu entrevista neste domingo à Rádio Gaúcha e relembrou as duas passagens que teve pelo Grêmio de 2010 a 2012 e depois de 2015 a 2018.

Em ambas, conviveu com o técnico Renato Portaluppi, a quem chama de “amigo” atualmente:

“O Renato deixou de ser meu treinador e virou meu amigo”, disse o maestro, antes de falar de questões de jogo:

“Ele me avisou que se eu voltasse do meio para trás ele me tirava do jogo. Aquilo me deu confiança, o time deu uma relaxada. Ele é um cara sensacional, ouço muita gente criticando ele agora, concordo com ele: tem que blindar. Fora de campo não tem necessidade de cobranças. Por isso que ele tem todos os títulos que tem”.

E a bebida?


Sincero como de costume, Douglas voltou a admitir que sempre gostou de beber:

“Sempre bebi. A real é que eu não bebia todos os dias como acreditavam. Sou um cara que não gosta de baladas. Tem vários jogadores que fazem muitas coisas. Às vezes bebia demais e chegava no clube e avisava. Falar a verdade sempre me ajudou. O fato de ser autêntico sempre me ajudou”, declarou.

Fora dos gramados, Douglas, agora, tem sido uma espécie de “embaixador” do cantor sertanejo Joel Carlo, seu amigo particular, com quem tem participado de lives e gravações de música.

Veja mais

Comentários