Ir para o conteúdo principal

Edilson diz que voltaria ao Grêmio mesmo na Série B: “Sem dúvidas”

Experiente lateral-direito falou sobre o tricolor em entrevista nesta segunda

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Após ajudar o Avaí a subir de divisão para 2022, o lateral-direito Edilson, de 35 anos, mostrou não se importar em jogar um segundo ano de Série B caso o Grêmio venha a cair e o convide para voltar. Ele respondeu “sem sombra de dúvidas” se voltaria ao tricolor nestas condições durante entrevista ao programa “Cadeira Cativa”, do jornalista Luiz Carlos Reche.

“Sem sombra de dúvidas. Todos sabem do carinho que tenho pelo clube e da história que eu tenho aí. O campeonato não acabou ainda e eu tenho amigos ali. Preciso ter respeito com quem está jogando. O carinho e o admiração, todos sabem. Eu voltaria”, comentou.

Segundo Edilson, que foi campeão da Copa do Brasil e da Libertadores pelo clube, era “difícil imaginar” que o Grêmio chegaria na situação que se encontra hoje:

“É muito difícil imaginar isso pois se trata de um clube estruturado, que não tem elenco pra brigar lá embaixo, paga salários em dia e disputava todas as competições brigando por títulos. De fora, a gente vê clubes sem estrutura que caem. Nem no pior cenário imaginaríamos isso pelo Grêmio”, ampliou.

Para continuar na Série A, o Grêmio precisa vencer o Atlético-MG em casa e torcer para que o Juventude perca em casa para o Corinthians e que o Bahia seja derrotado fora pelo Fortaleza. Todas as partidas da rodada final começam às 21h30 de quinta-feira.

Você pode gostar

Comentários