Ir para o conteúdo principal

Edilson volta a falar que jogaria no Grêmio em 2022 e avalia como um time deve ser montado para a Série B

Lateral-direito atualmente tem 35 anos e jogou 2021 no Avaí

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Edilson voltou a deixar bem claro que diria “sim” ao Grêmio em caso de proposta para retornar ao clube em 2022. Como titular, ele acaba de ajudar o Avaí a subir para a Série A do ano que vem.

“Não vou esconder que tenho uma ligação muito grande com o Grêmio. E que viria certo. Mas eu tenho que respeitar ainda mais nesse momento que estão vivendo agora. Quero curtir minhas férias e depois pensar. A ligação é muito grande com o Grêmio. Quem sabe. Preciso respeitar a dor dos caras pela queda. Se tiver que acontecer vai acontecer. Se não rolar, o que fiz pelo Grêmio já está na história. Mas eu viria de braços abertos para fazer o meu melhor”, destacou em entrevista ao jornalista Duda Garbi,

Campeão pelo clube entre 2016 e 2017, Edilson também avaliou como deve ser a montagem ideal para o time na Série B:

“Não vou esconder que tenho uma ligação muito grande com o Grêmio. E que viria certo. Mas eu tenho que respeitar ainda mais nesse momento que estão vivendo agora. Quero curtir minhas férias e depois pensar. A ligação é muito grande com o Grêmio. Quem sabe. Preciso respeitar a dor dos caras pela queda. Se tiver que acontecer vai acontecer. Se não rolar, o que fiz pelo Grêmio já está na história. Mas eu viria de braços abertos para fazer o meu melhor”, acrescentou.

Você pode gostar

Comentários