Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Escolha de médico paulista pode ter atrapalhado Leonardo Gomes, diz Dênis Abrahão

Lateral não joga desde setembro de 2019 após grave lesão no joelho.

Reprodução / TV

A escolha por um médico paulista para a realização da cirurgia pode ter atrapalhado o lateral-direito Leonardo Gomes, que não joga desde setembro de 2019, após séria lesão no joelho em jogo do Grêmio na Copa do Brasil.

Pelo menos esta é a opinião do vice de futebol Dênis Abrahão, que citou o exemplo do zagueiro Kannemann. O defensor argentino recupera-se bem de um procedimento cirúrgico no quadril, realizado com um médico gaúcho, em dezembro do ano passado, e está próximo de retornar ao time do Grêmio.

+ Após 5 meses fora, atacante está próximo de retornar ao Grêmio

“O Kannemann fez uma escolha por um médico gaúcho depois de ter ido aos Estados Unidos, a São Paulo e a Porto Alegre, e até agora está sendo um sucesso. O Léo (Gomes) optou por um médico paulista, deu um pouquinho errado algumas coisas”, disse o dirigente em entrevista à Rádio Gre-Nal nesta segunda-feira.

Leonardo Gomes sofreu com uma lesão no joelho durante o jogo contra o Athletico-PR, pela semifinal da Copa do Brasil de 2019, em Curitiba. O lateral-direito não joga desde então.

Você pode gostar

Comentários