Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

“Quero um centroavante bom e não de encher o aeroporto”, diz dirigente do Grêmio

Dirigentes garantem tranquilidade na busca por reforços.

Romildo Bolzan, presidente do Grêmio

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

A procura do Grêmio por um centroavante está mobilizando os dirigentes e exigindo da capacidade criativa para que o negócio ideal seja montado. Porém, entre os nomes especulados até aqui, nenhuma negociação de fato esteve próxima de ser finalizada.

A falta de avanços na procura por um novo camisa 9 para brigar pela posição com Diego Souza gera desconfiança de parte da imprensa e torcida, mas as críticas não abalam os dirigentes. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Marcos Hermann, vice-presidente gremista, demonstrou a sua tranquilidade com os movimentos feitos até aqui.

“Eu quero um centroavante bom, mas não adianta pressa. Contratar com pressa faz com que venha o ruim e o ruim eu não quero”, afirmou.

Contudo, as especulações em cima de Edinson Cavani geraram grandes expectativas. Após o acerto do uruguaio com o Manchester United, a direção deixou claro que não fará nenhum anúncio de jogador de grande status como o centroavante que estava sendo especulado.

“Eu quero um centroavante bom, não de encher o aeroporto”, brincou Hermann sobre o tema.

Clique aqui para receber todas as notícias do Grêmio em nosso grupo no Telegram.

O Grêmio afirma que não tem pressa para realizar os anúncios. A procura se dá nesse momento em duas frentes: um centroavante e um meia. A janela de transferências do mês de outubro é considerada a última oportunidade para isso.

Veja mais em Mercado da Bola.

Veja mais

Comentários