Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Grêmio investe em voo sanitário para conduzir atletas contaminados ao Brasil

Victor Ferraz, Paulo Victor, Vanderson e Emanuel foram isolados da delegação gremista.

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

A confirmação de contaminados na delegação do Grêmio que embarcou inicialmente para o Equador gerou grandes transtornos administrativos no clube desde a segunda-feira.

Após Paulo Victor e Vanderson testarem positivo para Covid-19, a direção iniciou a procura de formas seguras de transportar os atletas para Porto Alegre e conseguiu contratar o chamado “voo sanitário”. O investimento do clube, segundo fontes, foi de aproximadamente R$300 mil.

O valor elevado se deve ao fato do avião ser preparado para o transporte de passageiros contaminados por Coronavírus. Segundo a Agência Nacional de Avião Civil (ANAC), essas aeronaves costumam ter uma cápsula de isolamento de pacientes, uma barreira de isolamento respiratório e de contato contra o contágio do vírus, aumentando a segurança dos tripulantes e profissionais de saúde e minimizando a contaminação da aeronave.

Além de Paulo Vitor e Vanderson, Victor Ferraz e Emanuel também retornam para Porto Alegre. Ambos testaram negativo nos últimos testes, porém, relataram sintomas que relacionam a Covid-19, como dores no corpo, febre e cefaléia. Os jogadores passarão por novos exames no Brasil para confirmarem se estão ou não contaminados.

Veja mais em Departamento médico.

Comentários