Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Grêmio poderá desembolsar até R$11 milhões por Diego Churín, do Cerro Porteño

Negociação está avançada e anúncio deve ocorrer nos próximos dias.

Diego Churín, do Cerro Porteño — Divulgação

O Grêmio está próximo da contratação do centroavante Diego Churín, atualmente no Cerro Porteño (PAR). O acordo vem sendo costurado entre as direções dos clubes, que já admitem a negociação publicamente. O valor total da transação chegará na casa dos 2 milhões de dólares, o equivalente a R$11,3 milhões.

Ainda não há a confirmação de todos os fatos, mas o Cerro Porteño possui dívidas em torno do argentino e os valores acabam se somando ao acordo com os tricolores. De salários, os paraguaios devem ao jogador cerca de 500 mil dólares (R$2,8 milhões) e a dívida aumenta por conta de 600 mil dólares referente ao acordo com o Unión Concepción (CHI) não ter sido completamente ressarcido na venda de Churín na temporada de 2017.

O desejo de atacante é a transferência para o Brasil. Pessoas ligadas ao staff do atleta confirmam que a ideia do jogador é atuar em Porto Alegre por considerar como a maior oportunidade da carreira. A composição do acordo somará as dívidas que o Cerro possui com o argentino de 31 anos, mais uma verba destinada a liberação do centroavante.

Além de Diego Churín, outros nomes estão especulados pelo Grêmio. Facundo Ferreyra e Franco Cervi, ambos do Benfica, também seguem na pauta. O departamento de futebol procura ainda um volante especialista em marcação para compor o grupo.

Veja mais em Mercado da Bola.

Veja mais

Comentários