Ir para o conteúdo principal

Herói do Grêmio em 2005 se surpreende com Gre-Nais e afirma: ‘Muito feliz’

Não fosse a frieza do ex-goleiro Galatto e sua imprescindível perna direita, fundamental na abafada tarde pernambucana do dia 26 de novembro de 2005, ninguém poderia prever que, passada mais de uma década, o Grêmio viveria a fase vitoriosa dos dias atuais. Além dos títulos em sequência, a superioridade nos clássicos Gre-Nais começa a chamar a atenção e surpreende até mesmo o antigo arqueiro – herói na conquista da Série B de 2005 ao defender um pênalti na Batalha dos Aflitos diante do Náutico.
[bn]2[/bn]
Em entrevista exclusiva à reportagem do Gremistas, Galatto analisou o momento atual do Grêmio e admitiu certa "surpresa" com a imensa superioridade demonstrada nos últimos Gre-Nais. Sem perder clássicos há seis jogos – desde novembro de 2015 -, o tricolor vem de duas vitórias por 2×1 e 3×0 contra o maior rival na disputa do Gauchão de 2018.

"Me surpreende um pouco sim. Acabou sendo um placar bem elástico. Surpreendeu por ter sido um 3×0 em um clássico Gre-Nal. Mas claro que o Grêmio já joga junto há algum tempo, tem mantido o mesmo treinador há várias temporadas, e isso acaba contribuindo para que o time esteja em uma fase tão boa assim e consiga fazer jogos tão bons como fez nesses Gre-Nais", declarou.

Ouça:

Já com as chuteiras, ou melhor, com as luvas penduradas, Galatto virou comerciante na cidade de Gravataí – região metropolitana de Porto Alegre – e mantém uma loja especializada em peixes e frutos do mar. Mesmo longe da bola, ele segue acompanhando o tricolor e se diz "muito feliz" pelo novo momento vivido pelo ex-clube desde o título da Copa do Brasil em 2016.

"Eu, como bom gremista que sou, me sinto muito feliz por esse momento que o Grêmio está passando. E, se continuar assim, vai ser outro grande ano para o clube".
[bn]1[/bn]
Amparado pela larga vantagem obtida nos 3×0 de domingo, na Arena, pela ida das quartas de final, o Grêmio volta a enfrentar o Inter nesta quarta-feira, a partir das 21h45, no Beira-Rio. Se avançar à semi, aguarda o vencedor de Caxias x Avenida.
 

Voltar para o topo