Ir para o conteúdo principal

Para evitar problemas com crise alimentícia, Grêmio levará alimentos para a Venezuela

O Grêmio já está trabalhando visando a longa viagem para Maturín, na Venezuela. O Tricolor enfrenta o Monagas/VEN no próximo dia 17 (quinta-feira) pela Copa Libertadores.
[bn]2[/bn]
Sabendo da situação delicada e a crise alimentícia vivida pelo país vizinho, a delegação gremista deve levar alguns alimentos, tais como feijão e farinha de mandioca, além de alguns seriais e bebidas isotônicas.

De acordo com o site GaúchaZH, o Grêmio mantém contato com o hotel San Miguel Golf &Club, onde ficará hospedado, há pelo menos 2 meses. Um cardápio já foi enviado. Tudo é minimamente planejado pelo departamento de logística do clube.

Um voo também foi fretado para evitar o desgaste dos jogadores.
[bn]1[/bn]

Voltar para o topo