Ir para o conteúdo principal

Tricolores reverenciam Kannemann após choque com sangue e volta ao campo

Com um DNA argentino e tricolor, Kannemann não quis saber do grave ferimento na testa após disputa de bola com Cortez e fez questão de voltar pro campo. A situação ocorreu no segundo tempo do jogo contra o Goiás, nesta quarta-feira, pela partida de ida da Copa do Brasil, no Serra Dourada, em Goiânia.
[bn]50[/bn]
O zagueiro subiu para afastar uma cobrança de lateral na área, mas acabou se chocando contra o próprio companheiro lateral-esquerdo. A batida derrubou Kannemann no gramado e o jogador imediatamente começou a sangrar. Tratado pelos médicos do Grêmio, ele botou uma touca de natação do clube e voltou para o jogo.

Bressan até chegou a se aquecer ao lado de Renato Gaúcho, mas não entrou. No fim, com um homem a mais em campo, Renato tentou ampliar os 2×0 e lançou o centroavante André na vaga de Kannemann, ficando apenas com Geromel na zaga.

“Está tudo legal, foi um lance normal de jogo. Levei a pior, mas tranquilo, acontece no futebol. Sim, o Grêmio ganhou, mas acho que saí com mais pontos”, brincou Kannemann depois da partida.
[bn]51[/bn]
Nas redes sociais, muitos tricolores reverenciaram a garra de Kannemann:
 

Voltar para o topo