Ir para o conteúdo principal

Vanderlei mantém frustração por decisão de Renato e admite surpresa por queda do Grêmio

Rafael Ribeiro / Vasco

Um velho conhecido do Grêmio estará em campo em Ponta Grossa nesta quarta-feira, a partir das 19h, no gol do Operário. Após sair do Vasco, o experiente arqueiro Vanderlei fechou com o clube paranaense e tem sido titular neste começo da Série B, tendo relembrando a passagem pela Arena em entrevista ao site GaúchaZH.

Nela, ele manteve a frustração por ter sido sacado por Renato Portaluppi para as finais da Copa do Brasil de 2020 diante do Palmeiras. De última hora, quem jogou foi Paulo Victor.

“A gente não pode voltar no tempo. Até hoje não sei o que aconteceu, tem de perguntar ao Renato (Portaluppi). Foi opção dele. Eu, como profissional, tive que acatar. Realmente, até hoje não entendi, mas é assim a vida”, frisou o goleiro, antes de acrescentar:

“Procurei fazer o meu melhor com a camisa do Grêmio, foi uma opção do treinador na época, mas estou muito tranquilo. Minha vida deu sequência. O tempo que estive no Grêmio foi bom, fui feliz, pude ser campeão e conviver com grandes jogadores, em um grande clube. Foi mais um aprendizado na minha vida. Realmente, não guardo mágoas. Espero que o Grêmio e todos profissionais que estão lá sigam felizes nas vidas deles, e eu também aqui, onde estou muito feliz”, comentou.

+ Preparador de goleiros do Grêmio vê Brenno com características parecidas com as de Alisson, do Liverpool

Logo no começo de 2021, Vanderlei rescindiu com o Grêmio e foi para o Vasco, onde também não teve vida longa. No mesmo ano, Paulo Victor também deixou o plantel gaúcho.

Voltar para o topo